Blog

Facebook altera algoritmo e provoca mudanças no alcance orgânico da plataforma
16.03.2018
Facebook altera algoritmo e provoca mudanças no alcance orgânico da plataforma

 

O Facebook iniciou 2018 com uma nova alteração em seu algoritmo, que passará a priorizar posts de amigos, familiares e grupos e a diminuir o alcance dos posts feitos pelas marcas. A mudança se dá, principalmente, pela tentativa da plataforma de trazer conteúdos cada vez mais relevantes para os seus usuários. Com isso, as empresas que estão presentes na rede social precisarão se adaptar e começar a pensar em conteúdo de forma mais estratégica.

“No Brasil, as redes sociais são vistas como um canal de mídia, como se fosse uma TV, quando na verdade elas são um canal de relacionamento com o público. Então com essa mudança, a tendência é que, cada vez mais, as marcas precisem trazer um conteúdo que seja de fato interessante para o consumidor e menos autopromocional”, prevê a Diretora de Projetos da Le Fil, Rosário de Pompeia.

A atualização deve, também, influenciar no planejamento de anúncios das empresas, que precisam determinar estratégias específicas para atingir seus públicos. De acordo com o Facebook, o novo algoritmo não afetará o alcance dos posts anunciados, mas as páginas que têm uma estratégia estabelecida devem notar seu alcance orgânico crescer. “Não dá mais para pensar que não vale a pena fazer anúncio. Ele faz parte do conteúdo. E essa queda do alcance orgânico faz parte de uma estratégia de mercado do próprio Facebook, que precisa se tornar relevante para as marcas para não perder investimento”, pontua Rosário de Pompeia.

O argumento defendido pela plataforma é que a mudança é necessária para melhorar a experiência do usuário, que terá um feed de notícias mais relevante e personalizado, e também para beneficiar as empresas que usam o Facebook, que contarão com mais usuários ativos, engajados e propensos a interagir com os conteúdos produzidos pelas marcas.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Notícias Relacionadas