Blog

21.12.2011
Facebook em vias de liberar envio de mensagens de fãs para empresas

O Facebook está testando uma nova maneira para que consumidores interajam com as marcas devidamente representadas na rede social. Aparentemente em testes somente para empresas asiáticas, a apareceu nos últimos tempos a opção de liberar o envio de mensagens entre as partes. Acaba, portanto, a necessidade de postar no mural de uma empresa para estabelecer o primeiro contato com seus funcionários que fazem o atendimento nas mídias sociais.

Existe a possibilidade de que somente asiáticos tenham visto o recurso devido aos fuso horários de lá e de cá, no Ocidente. De qualquer forma, temos uma prévia de como pode ser a comunicação entre consumidores e empresas num futuro próximo.

Aceita receber mensagens de fãs?

Pelo que se sabe até o momento, o internauta tem que ir na página da empresa que habilitou o recurso e ele, em primeiro lugar, enviar a mensagem direta (nome copiado do Twitter na cara dura por mim). Quando os representantes da companhia receberem o email alertando sobre a conversa iniciada por meio da rede social, aí sim eles estão aptos a responder a mensagem. Não existe possibilidade da empresa começar o diálogo; pelo menos não no recurso que os asiáticos têm visto em funcionamento.

O The Next Web bem nota que a mudança no Facebook, num futuro próximo, talvez signifique menos reclamação nos murais das empresas que estão no Facebook – para alegria principalmente das operadoras de telefonia, que sofrem muito com o comportamento do consumidor brasileiro. Por outro lado, pode ser que reclamações legítimas sejam omitidas também graças à ferramenta de envio de mensagens.

No Twitter também tem como empresas e consumidores entrarem no diálogo. Vira e mexe, quando tenho reclamações para enviar à minha operadora de banda larga, envio por DM. Eles me seguem e eu os sigo. O contato costuma ser bastante proveitoso, principalmente quando o assunto é técnico.

Fonte: tecnoblog.net

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Notícias Relacionadas