Blog

11.11.2016
Dez coisas para não esquecer no orçamento digital de 2017


Neste momento, muitos colegas estão elaborando suas planilhas orçamentárias para o ano de 2017. Como também estamos participando de diversos planejamentos, reunimos aqui uma lista de dez provocações que você precisa prestar atenção na hora de elaborar o orçamento.
 
1. Planejamento - Você precisa de um mínimo planejamento, por mais simples que seja sua atuação para 2017. Nele, devem constar suas metas, objetivos e, pelo menos, quatro  indicadores  para serem acompanhados no ano.
 
2. Anúncios - Escolha a mídia que você irá mais investir. Defina o quanto você vai investir em anúncio em cada mídia e a meta estabelecida. Coloque um CTR máximo para que você tenha parâmetro no ano. Pense também em qual tipo de anúncio tem melhor retorno para o seu negócio.
 
3. Vídeo - Não tem como não apostar! Deixe reservada uma verba focada no seu planejamento para o ano com objetivo de produzir vídeos  para a internet.
 
4. Content - Como você vai fazer um conteúdo diferente, que engaje e envolva seu público? O que você têm a oferecer de diferencial? Isso precisa ser pensando no planejamento e muito bem executado. Pense no seu público, como vai falar, as palavras-chave relevantes e defina uma persona digital a partir de dados coletados das redes sociais.
 
5. SEO - Olha para o seu site e veja como está o engajamento e a indexação dele no Google. Se quiser aumentar o trafego orgânico não tem outra saída que não seja orçar uma estratégia de SEO e acompanhar o projeto. Não basta apenas ter um site bonito, ele precisa ser “lido” pelos buscadores e oferecer conteúdo relevante para o público, além de ser referenciado por outros sites.
 
6. Capacitação - Eu sei que a área é recursos humanos, mas não seria o caso de você pensar como melhorar o nível da equipe e acelerar o processo digital na sua área.
 
7. Monitoramento x análise - Não adianta só olhar a sua marca sem analisar o mercado e achar que aqueles números que as redes sociais oferecem gratuitamente bastam! Além disso, analise que tipo de informação você precisa. Análise de mercado através do digital é diferente de receber um relatório com positivo, negativo e neutro. Como você está acompanhando os seus leads, por exemplo? E as tendências do seu mercado? Alguma coisa mudou no seu produto/serviço por causa do monitoramento deste ano?
 
8. Mídias - Adianta apostar em todas as mídias e não ter estratégias diferentes para elas? Defina a sua prioritária! Se quer crescer o Instagram, aposte em fotos autorais e vídeos focados para essa mídia.
 
9. Datas comemorativas - Analise quais datas merecem investimentos. Você já deve conhecer todas elas, isso não precisa ser feito em cima da hora. E, se quer uma ajuda dos Influenciadores Digitais, veja qual seria interessante para seu público e já orce o cachê!
 
10. Reveja seu orçamento - O digital permite a medição do retorno e flexibilidade para mudança de rota. Deixe uma pequena porção, se possível, reservada para testar inovações e correr risco. Você pode apostar em construir novas tecnologias que podem ser úteis e se tornarem diferenciais para a compra do seu produto pelos seus clientes.
 
Bom trabalho!
 
Mais informações, estamos à disposição no contato@lefil.com.br
0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Notícias Relacionadas